Turma da Mônica Lições


Lu Cafaggi. E como em todo processo de crescimento, cometem erros, lidam com suas consequências e aprendem ao longo do processo.

Cebolinha, Cascão e Magali se metem em encrenca na escola. Além do castigo, grandes mudanças vem como consequência deste erro. Os quatro terão que lidar com essas "novidades" sozinhos, cada um com desafios diferentes.

Oportunidade de abordar de forma sutil, porém contundentes, temas como, bullying, conflitos de gerações, medos, e claro, a solidão. Sair da segurança de seu grupo de amigos e conhecer pessoas novas pode ser assustador em qualquer idade.  Se na primeira aventura, o quarteto reforçou os Laços, que sustentam sua amizade. Em Lições eles vão descobrir se podem mantê-los apesar das circunstâncias.

Apenas reforçam a essência e personalidade que crescemos adorando, a gulodice da Magali, os problemas de fala de Cebolinha, a fobia de água do Cascão e a força da Mônica.

Tonhão e até as meninas do bairro das Pintagueiras. Outras referências dentro do próprio universo ficam por conta do Bilu, Capitão Pitoco e de Mônica e Cebolinha no Mundo de Romeu e Julieta. Esta última aventura, que já foi peça, quadrinho e animação ganha uma fofa homenagem. Seguindo a tendencia da obra anterior as alusões não ficam restrita às criações do MSP, trazendo elementos da cultura pop para as páginas. Estas, vou deixar por sua conta descobrir.

A dupla conseguiu aprimorar o traço e inserir mais detalhes, nem descaracterizar o belo visual criado anteriormente. O sentimento não é apenas de continuidade, mas de evolução da arte e da narrativa.

Grandes contrastes ou cores vibrantes. Os tons médios e a escolha de cores acompanham o tom melancólico da narrativa completando a unicidade da obra. Nacolorização, os irmãos trabalharam com Paula Markiewicz.

Revelando de forma rápida como a Grafic Novel foi criada, desde a escolha dos novos persoangens, até as referências. A novidade aqui, são ilustrações que continuam a história "depois que ela acaba".

Postar um comentário

0 Comentários