Empresa que dirige 1 porto - Dia Brasil News - Notícias de Última Hora Tecnologia,Entrenimento,Humor

ULTIMAS

sábado, 9 de novembro de 2019

Empresa que dirige 1 porto


Estado do Ceará (CDC) sofreu um ataque hacker em que os dados dos servidores foram “sequestrados” (criptografados), tonando-se completamente inacessíveis para os funcionários. Para que os dados sejam descriptografados, os criminosos pedem uma quantia em Bitcoins, como resgate. Esse tipo de ataque é feito com vírus conhecidos por ransomware.

Terminal Marítimo de Passageiros (TMP) do Porto de Fortaleza. O TMP foi inaugurado em 2014, teve o investimento de R$ 240 milhões, com renda anual de R$ 1,9 milhão, e será o primeiro porto a ser privatizado pelo governo federal.

Governo federal a vender o TMP. A invasão foi percebida pela primeira vez na segunda-feira (28/10), e até a noite de quarta-feira (06/11) os sistemas continuavam inacessíveis, com grande parte dos serviços sendo realizados de forma manual ou por meio de uma estrutura improvisada.

Mayara Chaves, a invasão não tem relação alguma com o fato de o estabelecimento constar na lista de privatizações do governo, até porque, entre os dados que foram criptografados, não há documentos referentes ao processo de concessão.

Especializados e não por amadores, pois o sistema de criptografia utilizado é o mesmo que protege os dados da Casa Branca, a sede do governo dos EUA.

Entrar em contato com os criminosos para nenhum tipo de negociação.

CDC instalou um sistema emergencial em alguns computadores, para aproveitar o acesso aos sistemas que não foram afetados. Enquanto isso, companhias especializadas foram contratadas para realizar a limpeza dos arquivos dos servidores e do backup, o que pode levar tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário