Independence Day diz que Scorsese


Que promete recontar em detalhes a história por trás das árduas batalhas da Guerra do Pacífico. Aproveitando a ocasião, Roland conversou em exclusividade com o AdoroCinema e aproveitou para compartilhar seus pensamentos a respeito de uma das principais polêmicas do momento.

Suas percepções a respeito das declarações feitas por Martin Scorsese e Francis Ford Coppola, de que os filmes de super-heróis da Marvel não constituíam "cinema de verdade" e "falham em passar experiências reais e humanas".O cineasta foi categórico em sua resposta:

Exatamente o que esses filmes representam.Alguns destes filmes eu realmente gostei. Eu realmente gostei muito do primeiro Homem de Ferro, também adorei Doutor Estranho, mas os Vingadores, por terem muitos heróis, eu achei um pouco absurdo demais pra mim.

Dirigir algum filme de herói mas o diretor disse não estar muito interessado na ideia: "Eu não cresci com super-heróis, eu cresci com literatura. Então nunca tive muito interesse em fazer filmes de super-heróis. Eu faço os meus filmes, e eles são bem sucedidos neste momento.

Cowboys e aventureiros espaciais. Alguns filmes de super-heróis são horríveis, outros são lindos. Assim como faroestes e gângsteres (e, antes disso, apenas FILMES), e nem todo mundo é capaz de apreciá-los, nem mesmo alguns gênios. E está tudo bem com isso.

Postar um comentário

0 Comentários