Novo método faz com que nanocristais - Dia Brasil News - Notícias de Última Hora Tecnologia,Entrenimento,Humor

ULTIMAS

domingo, 10 de novembro de 2019

Novo método faz com que nanocristais


Cabeça de um alfinete seria grande o suficiente para acomodar 5 bilhões deles. Pois um grupo de cientistas encontrou uma forma de fazer com que cubinhos diminutos se organizem sozinhos – de modo que eles se reúnam para compor formas definidas pelos pesquisadores e sem que haja necessidade de que sejam manipulados.

Universidade Tecnológica da Noruega, e os tais cubinhos consistem em nanocristais produzidos em laboratório. Já com relação a conseguir a proeza de controlar o comportamento desses objetos diminutos e fazer com que eles se juntem e formem estruturas sozinhos, os cientistas utilizam o magnetismo – e o bacana do método é que os cristaizinhos se organizam perfeitamente no formato que os pesquisadores definirem, contanto que sejam submetidos às condições certas.

Deve saber que existem outras técnicas para manipular o comportamento de nanocristais e conseguir com que eles se agrupem.No entanto, esta é a primeira vez que o magnetismo é empregado com o objetivo de se investigar e compreender as propriedades mecânicas de determinadas estruturas compostas por esses materiais.

Magnético, o aumento das interações magnéticas entre os cubinhos podia fazer com que a energia de coesão entre eles fosse elevada em até 45% - convertendo-os no que os pesquisadores chamaram de “supercristais”. Essa descoberta, por sua vez, aliada às suas novas propriedades magnéticas, pode ampliar absurdamente o leque de possibilidades de uso desses materiais, abrangendo desde a tecnologia da informação até a indústria automobilística.

Estável será a estrutura do cristal. Então, considerando que as dimensões das partículas influenciam o comportamento dos materiais, os pesquisadores podem realizar novos experimentos para testar e tentar controlar novas propriedades e comportamentos dos supercristais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário