Distro Linux ganha tema


Distribuições baseadas nele, ganhou recentemente uma função curiosa: um modo para disfarçar a interface do SO e deixá-la parecida com o Windows 10. A novidade faz parte do último pacote de atualização disponibilizado para o projeto em 2019.

Com o concorrente se chama "Undercover Mode" e serve para disfarçar a aparência tradicional do sistema, que é voltada para segurança e traz um dragão como papel de parede padrão. Ao ativar o disfarce, o SO coloca a barra de tarefas na parte de baixo da tela, adota os ícones desenvolvidos pela Microsoft e também o famoso wallpaper do Windows 10.

Operacional baseado em Linux. O Kali é o principal SO de código aberto voltado para segurança e traz recursos especiais para quem pretende conhecer melhor a área, inclusive técnicas utilizadas por hackers.

Objetivo da funcionalidade é ajudar o usuário a deixar o visual do computador mais tradicional para não chamar a atenção em locais públicos. "Dessa forma, você pode trabalhar de maneira anônima", explica a Offensive Security, que mantém a distribuição. "Ao estar em um lugar mais privado, basta acionar o script e voltar para o tema do Kali".

Alteração a chegar no Kali. A distribuição 2019.4 também traz o ambiente de desktop padrão Xfce, ao invés do Gnome. A nova interface é mais enxuta e garante um desempenho com menos consumo de recursos.

Postar um comentário

0 Comentários