Petição pede que Samsung abandone


Processadores Exynos, de fabricação própria, em seus aparelhos topos de linha.

Smartphones Android mais caros do mercado, porém, anualmente, ela utiliza um chip considerado pelos usuários como inferior ao modelo mais potente do Snapdragon, fabricado pela Qualcomm.

Companhia pare de usar seus próprios sensores de câmera e passe a utilizar os sensores fabricados pela Sony.

Aparelhos tops de linha equipados com processadores Exynos na Europa, Ásia, África e América Latina. Em alguns mercados, como a Coreia do Sul e nos Estados Unidos, os smartphones usam chips Snapdragon.

Samsung, se mostram inferiores aos chips Snapdragon, tanto em questão de desempenho quanto no consumo de energia.

Sul-coreana são comercializados com o Exynos, os clientes não recebem nenhum tipo de desconto em relação aos clientes que possuem o mesmo smartphone com um processador mais potente e econômico. Não parece, de fato, uma prática justa.

Snapdragon 865 é baseado em núcleos Cortex-A77, que podem oferecer até 20% mais desempenho que os núcleos Cortex-A76, encontrados no Exynos 990.

Usuários reportam que os fabricados pela Samsung aquecem mais rápido, o que causa queda no desempenho durante longos períodos de uso.

Postar um comentário

0 Comentários